4 Mentalidades

4 Mentalidades

> A maneira como vemos a Deus e a nós mesmos define o nível de vida que temos <

Muitas vezes achamos que sabemos como Deus pensa e como Ele é, mas na verdade nós reduzimos Deus às nossas poucas e limitadas experiências com Ele. Sabemos que a única maneira possível de Deus ser revelado a nós é através de Cristo Jesus, portanto, se não dedicamos nosso tempo com Jesus, não podemos conhecer a Deus como Pai (João 1.18).

Para Jesus é mais importante ESTARMOS COM ELE do que TRABALHARMOS PARA ELE, ele quer nos revelar o Pai e nos ensinar a sermos filhos e filhas de Deus, somente assim poderemos fazer as obras do Senhor.

Precisamos da revelação de Deus como Pai em nossas vidas por meio de Jesus, pois a revelação nos capacita a ver a nós mesmos e aos outros assim como Deus vê.

Em Números 13 (quando os chefes das tribos foram espiar a terra prometida), temos um exemplo de como uma visão errada sobre Deus e sobre si mesmo pode levar à derrota.
• VER A SITUAÇÃO DIFÍCIL – (v.28) Vimos ali os descendentes dos gigantes;
• PENSAR ERRADO – (v.31) Estamos perdidos, nós não podemos contra eles;
• SENTIR ERRADO – (v.33) nos sentíamos tão pequenos como gafanhotos;

• FALAR E AGIR ERRADO: (v.32) CONCORDANDO COM AS MENTIRAS DO INIMIGO Não podemos… eles são mais fortes do que nós.

Quando pensamos errado, sentimos, falamos e agimos de maneira também errada. Se pensamos como Deus, sentimos, falamos e agimos com ousadia e fé! Precisamos corrigir a maneira como pensamos se quisermos mudar as nossas vidas!

Existem quatro maneiras de pensar e encarar a vida, quatro mentalidades:

1 – MENTALIDADE DE ESCRAVO (Lucas 15:11-19/ João 8:34-3)

  • É o que vive para si mesmo
  • É escravo de seus próprios desejos e vontades egoístas
  • Eu posso fazer o que eu quero — sou dono do meu nariz
  • Vive de maneira independente de Deus
  • Não alcança satisfação no que faz
  • Não encontra paz e descanso
  • Mente obscurecida – não tem clareza no entendimento
  • Coração endurecido – dores, ressentimentos, emoções destrutivas

2 – MENTALIDADE DE EMPREGADO (Lucas 15:25-32)

  • O que confia na sua própria força
  • Cheio de justiça própria – RELIGIOSO
  • Enxerga Deus como juiz severo, pronto para ver o erro e punir
  • Quer fazer barganhas com Deus, — se eu fizer isso, Deus fará aquilo
  • Procura merecer o favor e a graça de Deus
  • Preocupa-se muito em ter reconhecimento
  • Vive para provar o seu valor e mostrar faz por merecer
  • Critica muito as outras pessoas
  • Compara-se com os outros o tempo todo

3 – MENTALIDADE DE FILHO (Gálatas 3:26/Romanos 8:15-17)

  • Reconhece que tem um Pai que o ama igual ama a Jesus
  • Reconhece que tem um Pai bom e fiel, que ama dar boas coisas aos filhos
  • Tem a alegria de pertencer à família de Deus e ter o Espírito de Deus . Não vive ansioso – confia no amor do Pai
  • Não vive debaixo de condenação – sabe que foi perdoado e que o nada pode afastá-lo do amor do Pai
  • Está sempre orando – porque sabe que o Pai está ouvindo e vai responder sempre.
  • Não tenta merecer o amor do Pai – simplesmente recebe em fé, crê nas promessas de Deus, é um ABENÇOADO

4 – MENTALIDADE DE PRÍNCIPE

  • Sou filho de Deus, sou filho do Rei, sou um príncipe
  • Tenho autoridade do REI para fazer a SUA VONTADE
  • Poder e autoridade sobre toda a força do inimigo
  • Poder para trazer o reino dos céus para a terra — assim na terra como no céu
  • O inimigo foi vencido pelo Senhor — agora vamos tomar posse da terra, pregando o EVANGELHO DA GRAÇA, LIBERTANDO os CATIVOS e FAZENDO DISCÍPULOS

De que maneira você tem vivido? Com uma mente de escravo, empregado, filho ou príncipe? Há muito mais! Mude sua mentalidade!

Compartilhar

Mensagens Recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *